Página Inicial Imprimir
Menu
Boas Vindas
1
Visitante não-Pagão
1
1° Vez aqui?
1
Artigos
1
Enciclopédia
1
Eventos
~~~~~~~~~~~~
Interatividade
1
Cursos Online
1
a
 
Definições
O que é Bruxaria?
1
O que é Wicca?
1
O que é Paganismo?
1
O que é Neopaganismo?
1
O que é Xamanismo?
1
O que é Druidismo?
==
O que é Neodruidismo?
1
Equívocos Comuns
1
Os Treze Princípios
1
Indicação de Livros
1
Inquisições e o surgimento do Cristianismo
1
Outras definições
1
Os Sabbats
1
Os Esbás
1
Ritos de Passagem (Novo)
1
Fases da Lua
a
 
Contato
Formulário de Contato
1
Orkut
1
Siga-nos no Twitter!
a
 
a
 
Busca


 
 
 
Que marcas você quer deixar no planeta? Calcule sua Pegada Ecológica. 
 

Ostara - Equinócio da Primavera

Decoração de Ovos prática pagã ainda presente nos dias de hoje.

O Sabá do Equinócio da Primavera é o rito de fertilidade que celebra o nascimento da primavera e o redespertar da vida na terra. Conhecido como Ostara (pronuncia-se "ostára"), é um festival novo para a antiga religião na Europa céltica e teutônica, Margaret Murray afirma que esses "festivais jamais foram observados na Bretanha", o que nos leva a uma celebração de apenas 6 sabbats naquela época. mas sabemos que os povos pré-celticos megalíticos os praticavam.

Ele é basicamente um festival solar. Na agricultura, sinaliza o tempo em que as sementes são plantadas e começam o seu processo de crescimento. Ostara é tido como um momento de união e amor entre a Deusa (Lua) e o Deus (Sol), pois é um período de igualdade e equilibrio entre as forças da natureza. e isso indica também que é o momento ideal para fortalecer a energia de complementaridade ente homem e mulher.

Para os praticantes da Wicca, em ostara o Deus (Sol) cresceu, tornando-se um jovem adulto. Ele está passando pela puberdade e suas forças são refletidas na vitalidade e no crescimento das plantas. Ele está crescendo novamente. Com a vitalidade dele vem o calor da Primavera e futuro plantio das futuras colheitas. Já a Deusa não mais tida como a mãe nutridora, mas como uma bonita virgem da primavera. Assim como em relação a natureza esse é o momento de plantar e também é a hora de cultivarmos nossas sementes. É o período de celebrar as mudanças de nosso corpo, pois nessa estação ficamos mais ativos, dormimos menos, comemos menos e gastamos mais tempo ao ar livre.

Neste dia os praticantes de diversas religiões acendem fogueiras ao nascer do sol, tocam sinos e decoram ovos cozidos - um antigo costume pagão associado a Deusa saxônica Eostre (Deusa da Aurora) e a Deusa alemã Ostara, ambas deusas da fertilidade.

A primeira e mais preservada prática de Ostara e a decoração dos ovos. O ovo simboliza a fertilidade da Deusa e do Deus, o simbolo de toda criação. Ao decora-los, estamos carregando-os como objetos mágicos, de acordo com as cores utilizadas. Outra tradição é esconder os ovos, e acha-los simboliza que a pessoa alcançará suas metas.

O coelho também é um simbolo importante e tem uma estreita ligação com a Deusa Eostre, na qual um gentil coelho pedia favores a Deusa e em troca botava ovos, decorava-os e presenteava a Deusa com eles. Segundo uma lenda a Deusa, ficou maravilhada com a beleza dos ovos, e ficou tão contente que desejou que toda a humanidade pudesse compartilhar de tamanha beleza e alegria. Assim, o coelho começou a viajar por todo o mundo na época do Equinócio da Primavera, presenteando a todos com seus ovos decorados.

Nesse dia também, os antigos europeus iam ate o campo para colher flores e as levavam para casa, pois acreditavam que as flores colhidas no Equinócio da Primavera eram Mágicas e, através delas, seriam capazes de conectarem a energia de toda a Natureza. Essas flores eram secas e com elas eram feitos ornamentos para enfeitar as casas, até a Ostara do ano seguinte, em que eram trocadas por novas flores, assegurando assim a continuidade de sorte, saúde e felicidade.

Correspondências

Incensos: violeta africana, jasmim, rosa sálvia e morango.
Cores das velas: dourada, verde, amarela.
Pedras preciosas sagradas: ametista, água-marinha, hematita, jaspe vermelho.
Ervas ritualísticas tradicionais: bolota, quelidônia, cinco-folhas, crocus, narciso, corniso, lírio-da-páscoa, madressilva, íris, jasmim, rosa, morango, atanásia e violetas.

Veja mais:

comente

<< Voltar

__________________________________________________________________________________________

"A natureza grita, mas poucos escutam. Pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE. Viva de forma SUSTENTAVEL! Lembre-se dos 3 R's:  REDUZA o uso, REÚSE o que puder, RECICLE tudo o que for possível."

Aries Touro Gêmeos Cancer Leão Virgem Libra Escorpião Sagitário Capricórnio Aquário Peixes